(31) 3332-3416
(31) 99405-7007
Sobre o Natal

O presépio

Um dos símbolos mais conhecidos do Natal é o presépio.

Presépio quer dizer estábulo ou curral, onde os animais costumam se abrigar no campo. Também é usado como cenário para representar o nascimento de Cristo onde participam personagens bíblicos e animais.

Mas para que a mensagem do nascimento de Jesus fosse revivida, São Francisco de Assis em 1224 pediu à um homem chamado Giovanni Villita que criasse um presépio com pessoas e animais de verdade.

São Francisco então celebrou uma missa em frente a este presépio montado nos fundos de uma igreja numa pequena vila, inspirando devoção a todos que assistiram.

Para que seu povo sentisse melhor a mensagem do Natal (o nascimento de Cristo), idealizou o presépio, a cena do ambiente onde Jesus nasceu. Assim a realidade do presépio fez refletir e penetrar em cada um os ensinamentos que constituem a doutrina de Jesus: A humildade, a caridade e a fé.

Até os dias de hoje, o presépio faz com que as pessoas reflitam e estabeleçam um vínculo com estes ensinamentos, ou seja, envolvem-se com a força magnética que emana do ambiente onde quer que ele esteja. Este é o poder de Deus. É se tornar visível pelo invisível, pelo intocável que é Sua essência.

Por esta razão o presépio é o símbolo do Natal, onde a emoção é a lei. Nada melhor que poder emocionar-se com o que é Divino.